Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Torre de Babel

SEXO! A UNIDADE DO FIM DO MUNDO...

“O povo é um e todos têm uma só língua: agora não há mais limites para o que eles intentarem fazer”...   O Senhor Deus, sobre os ímpios edificadores da Torre de Babel Bem amigos, esta frase de abertura, para muitos, parece frase de pastor em culto da vigília da vitória... Mas não é nada disso... O que aconteceu na Torre de Babel trás um ensino poderoso para que possamos entender melhor o que está acontecendo em nossos dias, e o que está vindo no horizonte próximo. E que talvez esteja mais próximo do que pensamos... A unidade que aconteceu em Babel foi algo poderoso. Tão poderoso que é uma das poucas vezes na Bíblia em que vemos Deus falando sobre Si no plural, ou seja, as pessoas da Trindade em conjunto, fazendo algo, interferindo na humanidade. A primeira vez foi na criação do homem: Gênesis 1:26   E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e

VEJA: A NOVA TORRE DE BABEL

A capa da Revista Veja de hoje, me remete a um pensamento recorrente.  Sempre que eu penso sobre o cenário profético, lembro-me de que um sistema maligno, registrado na Bíblia, e que já foi julgado.  Este sistema é a Babilônia. Veja comigo o relato de Gênesis 11,  que nos trás uma revelação impressionante: ¨por que o povo é um, e tem uma só língua, (ou idioma), não há limites para o que eles possam fazer¨. Entendeu o peso desta palavra de Deus?  Leia na sua própria Bíblia: na concordância não há limites para o que possam fazer!  Não era uma reunião dos ¨crentes¨... dos que temiam a Deus... mas uma reunião humana, liderada por uma figura que é um tipo do anticristo: Ninrode.  Ele que foi considerado ¨um poderoso caçador diante do Senhor¨ (Gn. 10:8-12). Entenda... Deus estabeleceu princípios na Sua Palavra que podem se cumprir mesmo para os ímpios (o sol e a chuva vem para os justos e injustos...), mesmo para quem não crê.  É apenas necessário obedecer ao que está