Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Terremoto no Chile

O TERREMOTO DO AFEGANISTÃO, A CIÊNCIA E A ETERNIDADE

Tragicamente, como já temos acompanhado aqui há anos, mais um triste terremoto afeta a vida de tantos. Este, na região do sul da Ásia, atingindo Afeganistão, Índia e vizinhos, alcançou 7.7 na escala Richter, sendo depois, como já virou uma prática constante do USGS, “rebaixado” para 7.5.
Aliás, é impressionante como o USGS ultimamente rebaixa todos os terremotos de maior magnitude. Ou passaram a errar “apenas” quanto aos maiores, ou há um interesse ou necessidade de se “administrar” os registros...
Mas além de lamentar mais um terremoto forte, que causou destruição e mortes, quero compartilhar alguns pensamentos sobre o tema para sua reflexão, já que você, talvez, veio para este post porque acompanha ou tem interesse em terremotos... e em especial neste de hoje.
Embora leigo, acompanho o tema já há alguns anos, conforme, se quiser, pode conferir no que tenho postado aqui no Blog desde o triste terremoto do Chile, embora o que tenha me acendido a luz e levado a observar e pensar em escrev…

O ESPANTOSO TERREMOTO DO PAQUISTÃO - 7.7!

Acabo de tomar conhecimento do terremoto que ocorreu hoje no interior o Paquistão, e que já contabiliza pelo menos 46 mortos.
Um terremoto 7.7 de magnitude pode ser devastador.
Aparentemente, durou dois minutos, causando pânico a todos os habitantes da área afetada.
Mas o mais espantoso neste terremoto é o fato de ter causado o surgimento de uma ilha no litoral, como você pode ver pela foto que ilustra o post...
A matéria sobre a ilha achei no site da Reuters...
Este tipo de efeito é algo de novo, pelo menos segundo registros geológicos recentes, pelo menos segundo tudo o que tenho lido sobre o assunto nos anos recentes.
Até o terremoto 8.8 do Chile não tínhamos relatos sobre estes efeitos de deformação na terra, embora se saiba que deformações assim tenham ocorrido anteriormente, bem antes de relatos mais aceitos científicos.
Escrevi sobre isso em um post na época do terremoto do Chile que você pode ler clicando aqui, para saber que nossos dias foram abreviados... em milissegundos, …