Pular para o conteúdo principal

Até Que Ele Venha, O Que Você Fará?


Até que Ele venha, é a minha nova série, devocional, com ênfase nos últimos dias.
A reflexão que proponho hoje é... o que você fará até Aquele Dia? A base bíblica é a experiência de Pedro e João pouco antes de Jesus subir aos céus. Confira aqui:



Até que Ele venha, o que você fará?
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

#atequeelevenhaJesus

Comentários

  1. Paz em Cristo pesquisando sobre os nefilins achei teu blog. Bom li várias matérias tuas até no começo das postagens e gostei bastante e concordo em vários aspectos com tuas posições teológicas. Aprendi algo importante em que eu tinha muita dificuldade em intender que era o porquê de não entendermos de modo pleno várias coisas na bíblia e você me fez ver algo simples mas que eu me apegava e não encontrava resposta o fato é que não chegou a hora ou momento ainda mas que mas ao fim saberemos pois o conhecimento se multiplicará. Bom porém lendo um artigo teu e ainda não tenho uma opinião formada sobre ele fiquei com uma dúvida e gostaria que você me esclarecesse pois pelo que percebi você não vê o arrebatamento como um único evento que existirão pelo menos 2. Também percebi que você não nega a possibilidade deles serem pré Midi ou pós tribulação. Em um comentário do posto alguém levanta a questão de que o arrebatamento será ante a última trombeta e que neste caso após a grande tribulação e você respondeu algo sobre a precisão que Jesus teria tido em cumprir as festas e que faltaria uma que se cumprirá em sua volta ao toque se não me engano ao toque de 100 trombetas. Bom seria algo nesse sentido de que nunca tinha visto e não entendi. Se possível me esclareça por favor sobre isso e sobre o que seria a última trombeta em seu ponto de vista. E qual sua opinião sobre falsos arrebatamentos como agenda Illuminati para gerar pânico e caos já que vi que você é leitor do cutting edge? Grata paz em Cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pri! Graça e paz. Que bom que de alguma maneira posso contribuir para seus estudos que, vejo, são bem avançados. Eu creio que as posições que encontramos hoje sobre o arrebatamento são fundamentadas em entendimentos antigos. Talvez, diante do que estamos vivendo, perceberemos a necessidade de ajustar o que críamos antes. Assim sendo, percebo que todas as posições tem fundamentos bíblicos, e também creio que não é necessário alguém estar errado para outro estar correto. O que penso é que há uma possibilidade do arrebatamento parcial, o que seria melhor fundamentado que dois arrebatamentos como eu mesmo tratei no início. Penso que é possível haver algo como as dez virgens quando cinco estão prontas, e entram, e as demais ficam fora. Como para os servos bons e maus, onde acontece o mesmo. Noé e Ló em que temos livramentos, porém, diferentes entre si no que diz respeito ao que cada um leva para depois do livramento...
      O que penso sobre o arrebatamento na Festa de Trombetas é justamente que é uma festa em que "ninguém sabe o dia nem a hora" segundo a tradição judaica, e que o arrebatamento pode ser no "toque da centésima trombeta". Seria um perfeito cumprimento continuado das festas por Jesus. Se você fizer uma pesquisa simples na internet vai encontrar algum conteúdo falando sobre essa festa.
      Quando ao Cutting Edge, sim, já li muito. Ultimamente, pela luta em encontrar tempo para tudo, pelo fato de que os seus artigos são muito longos, nem sempre tenho tido oportunidade de ler, embora seja assinante e receba seus emails sempre.
      Quanto ao falso arrebatamento, eu penso sim, que como parte do "Projeto BlueBeam" algo assim pode acontecer, até porque em uma carta dos Iluminatti Cards Game, há uma carta insinuando isso. Mas ainda assim, meu fundamento é a Palavra do Senhor Jesus Cristo alertando sobre os últimos dias: "Veja que ninguém vos engane"... assim, tudo que possa ser gerado pelas trevas para produzir engano, me leva a estar atento...
      Bem, creio que é isso. Obrigado pelo retorno e pelas palavras de encorajamento. Deus a abençoe!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O AMOR DE MUITOS ESFRIARÁ...

Uma das marcas mais tristes que podemos identificar nos últimos dias, está contida nas palavras de Jesus em Mateus 24, quando Ele declara expressamente:

12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. 13 Aquele, porém que perseverar até o fim, esse será salvo. 14 E será pregado este Evangelho do Reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim.

Veja pelo contexto que Sua declaração acerca do amor esfriar fala especificamente aos que creem. Não podemos esfriar se não estivemos quentes antes.
É óbvio que podemos ver o amor esfriando no mundo ao nosso redor também, mas, como Ele estava falando com discípulos, e, Ele fala claramente sobre a perseverança para salvação, fica claro que Ele esta falando sobre os que creem, ou seja, nós!
E como cumprimento de Suas palavras, cada vez mais, ao longo dos nossos dias, percebemos cristãos fraquejando em seus posicionamentos de fé.
Em primeiro lugar por que, para muitos, a mensagem da salvação pe…

A "RESSURREIÇÃO" DA FÊNIX...

E a Fênix/Lúcifer apareceu...
No final dos jogos, quando perto do seu momento mais importante, lá estava ela.
Travestida de águia, o que confunde a muitos, tendo em vista, principalmente, o cenário norte americano...
Mas também, como objetivo maior dos ocultistas ao redor do mundo.
Confundir a maioria... a plena luz do dia.
Já não há uma Águia presente, em muitos momentos, quando símbolos importantes dos EUA aparecem, mas, sim, a Fênix.
E nos Jogos Olímpicos, também, ela se fez presente.
Você viu a imagem?

Recebi esta manhã um arquivo com esta montagem de um amigo meu:

Como você pode ver, já temos aqui toda a combinação das imagens, misturando a aparição da Fênix com os demais símbolos e associações ocultistas.
Claramente auto-explicativa.
Veja ainda que esta associação aos Jogos vem desde as Olimpíadas de Berlim, que foi, claro, a de número 11:


Isso eu vi no post do excelente BLOG Open Scroll, que é um dos meus favoritos aqui do lado, e é incrível que enquanto eu estava escrevendo e…

OS PODERES DOS CÉUS SERÃO ABALADOS!

A denominada "interpretação alegórica" usada para entender o livro do Apocalipse, teve sua origem muitos anos atrás, quando, porque ainda não era tempo, poucas coisas aconteciam na vida diária que expressassem algum cumprimento do cenário profético. Israel nem mesmo havia voltado a existir enquanto nação, e então o cenário dos últimos dias não estava pronto. Seus protagonistas não podiam ainda aparecer em cena. Além disso, porque algumas das coisas escritas no livro eram incompreensíveis e até mesmo impossíveis aos olhos das pessoas que viveram dezenas ou centenas de anos atrás, é compreensível a origem e desenvolvimento desta "escola alegórica" de estudo profético. Falar naqueles dias, por exemplo, de um terremoto que muda ilhas e montes de lugar, parecia algo além da compreensão daqueles irmãos que estudavam nos tempos antigos. Se alegórico, é viável... Entretanto, para nós que hoje sabemos pela tecnologia de GPS que sim, isso é possível porque já aconteceu, est…