Pular para o conteúdo principal

SERÁ QUE JESUS AINDA NÃO SABE O DIA NEM A HORA?



Mateus 24:36
“Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai.”

I Tessalonicenses 5:2
“... pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite.”

I Tessalonicenses 5:4-5
“Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia como ladrão vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas.”

Embora esse tema seja polêmico, creio que devo despertar em seu coração um desejo sincero e bíblico de obter o máximo de revelação acerca dos últimos dias. Toda que podemos ter.
Inicialmente, esclareço que esse desejo só é possível de ser cumprido no coração daqueles que são “filhos da luz”, que “nasceram de novo”, pelo poder do sangue de Jesus - A Luz do mundo.
Digo isso porque creio que estes estão sendo despertados pelo Espírito Santo a entender o que está acontecendo de maneira cada vez mais clara nos dias em que vivemos.
Entender os cenários proféticos somente é pela revelação do Espírito Santo.
Indo um pouco mais adiante, também sei que há um bloqueio no pensamento de muitos, que creem sinceramente que não é possível saber.
Para lidar com isso, creio que a questão principal é falar sobre a declaração de Jesus revelada nos evangelhos, (escolhi no texto de Mateus 24:36, no início do post), que se torna um aparente limitador. Afinal, se nem mesmo nosso Senhor sabe o dia e a hora, como poderemos tentar saber? E para piorar esse cenário, há muita gente publicando que Deus revelou a data do arrebatamento, ou a data do fim do mundo! Gente que até parece séria... que confusão! Entendo que o seu pensamento será: “Melhor deixar para lá”... E muitos desistem de estudar.
Mas eu pergunto: Será que é realmente isso o que O Senhor espera de nós? Que não tenhamos real interesse em estudar sobre Sua vinda, e o cenário dos últimos dias?
Sobre essa declaração, eu entendo enquanto Ele estava aqui, em um corpo de carne e osso como o nosso, antes de ir para a cruz, claro que não sabia. Mas acreditar que agora, vestido de toda a Glória, O Pai da eternidade (Isaías 9:6) ainda não sabe as datas precisas dos eventos dos últimos dias, não me faz sentido.
Ainda assim, depois de Sua morte e ressurreição, tivemos O Espírito Santo derramado em Pentecostes. Sabedoria, revelação (I João 2:27), poder!
E mais tarde o apóstolo Paulo foi arrebatado ao terceiro céu, e teve tremendas revelações, algumas, inclusive, que ele não poderia compartilhar (II Coríntios 12:1-6). E é este Paulo, cheio de revelação, que escreveu os demais versos que abrem esse post.
Aquele Dia somente vai pegar de surpresa os que andarem em trevas, pois os que são nascidos da Luz, que andam na Luz, saberão! Que texto tremendo! Aquele Dia não vai nos apanhar de surpresa, como um ladrão. Ou pelo menos, não deveria! A escolha, aparentemente, é nossa. Devemos estar atentos, estudando, para estarmos preparados. Com azeite na lâmpada, servindo ao nosso Senhor, frutificando em toda boa obra. Amando a Sua vinda, o que inclusive, nos dará uma coroa eterna!
Mas hoje, em meu período devocional, tive esse entendimento amplificado, ao reler textos que conheço há muito tempo, e que hoje adquiriram novas cores. Receberam Luz!
Em Apocalipse 1:1-3, encontramos esse texto de abertura ao livro mais profético da Bíblia:
“Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João, o qual atestou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu. Bem-aventurados aqueles que leem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo.”

O Senhor Deus deu a revelação a Jesus Cristo acerca dos últimos dias. Ele o fez, para que Seus servos saibam o que vai acontecer no futuro. E O Senhor Jesus, de posse dessa revelação, a enviou a nós, Seus servos, através de um anjo especial, para o registro pelas mãos de Seu servo João. O Seu objetivo era que João escrevesse essa revelação em um livro, o do Apocalipse, (calma... Apocalipse significa “revelação”...).
E veja que ele logo no início de seu texto, João nos revela que há uma bênção especial para quem lê, para os que ouvem, e os que guardam essa palavra, pois o fim está próximo.
Recapitulando: depois de Sua morte e ressurreição, Jesus subiu aos céus. Ele hoje está assentado à destra de Deus O Pai, que lhe revelou tudo o que vai acontecer nos últimos dias, e todo o Seu propósito eterno! Ou seja, nosso Senhor Jesus, O Filho, JÁ SABE tudo o que vai acontecer. Até mesmo o Dia! E Ele enviou o anjo a João, para que Seus servos saibam tudo o que vai acontecer! E estejam preparados. Aleluia!
E fiquei muito feliz com esse texto, que já era suficiente para eu perseverar nessa minha posição de meditar e buscar mais revelação acerca dos últimos dias, mas creio que o Espírito Santo me chamou a atenção a um detalhe: o texto de João fala de “Seus servos”, e a “Seu servo João”. No evangelho de João, 15:15 lemos as seguintes palavras de Jesus:

“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.”

Jesus ao revelar Suas palavras a João, para que fosse revelada a nós, nos convida a sermos considerados Seus amigos! O servo não sabe o que o Senhor faz, mas Ele quer nos revelar TUDO o que ouviu do Pai. Seu Pai, e agora, nosso Pai! Não é tremendo?
Somos chamados a ser co-participantes de TUDO o que Jesus é agora. Ele nos chama a sermos co-herdeiros com Ele e nEle.
Ainda assim, não podemos ficar confundidos com o conceito que Jesus tem acerca de quem  Ele considera Seus amigos. Leia João 15:14-16:

“Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.”

Essa revelação nos é dada porque temos uma missão para esses dias em que vivemos. Precisamos dar frutos que permaneçam. Precisamos obedecer ao Seu chamado. Precisamos valorizar a Sua revelação!
Meu querido, minha querida... Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo querem nos oferecer TODA a revelação que precisamos para esses dias em que vivemos.
Tudo o que acontece tem revelação pela Palavra, e devemos nos preparar para compreender as estações proféticas dos dias em que vivemos. E para isso, precisamos obedecer!
Para que pratiquemos justiça e nos santifiquemos cada dia mais (Apocalipse 22:10). Para que tenhamos mais azeite em nossas lâmpadas (Mateus 25:4). Para que sejamos achados servindo ao nosso Senhor (Mateus 24:45-47). Para que estejamos preparados para reconhecer a proximidade daquele Dia! Para que não sejamos pegos de surpresa (I Tessalonicenses 5:2-5), nem tenhamos parte com os que vão se afastar envergonhados na Sua vinda (I João 2:28).
Afinal, tudo muda cada vez mais rapidamente ao nosso redor, e o Dia se aproxima.
Você não pode ver? Veja os sinais!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O AMOR DE MUITOS ESFRIARÁ...

Uma das marcas mais tristes que podemos identificar nos últimos dias, está contida nas palavras de Jesus em Mateus 24, quando Ele declara expressamente:

12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. 13 Aquele, porém que perseverar até o fim, esse será salvo. 14 E será pregado este Evangelho do Reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim.

Veja pelo contexto que Sua declaração acerca do amor esfriar fala especificamente aos que creem. Não podemos esfriar se não estivemos quentes antes.
É óbvio que podemos ver o amor esfriando no mundo ao nosso redor também, mas, como Ele estava falando com discípulos, e, Ele fala claramente sobre a perseverança para salvação, fica claro que Ele esta falando sobre os que creem, ou seja, nós!
E como cumprimento de Suas palavras, cada vez mais, ao longo dos nossos dias, percebemos cristãos fraquejando em seus posicionamentos de fé.
Em primeiro lugar por que, para muitos, a mensagem da salvação pe…

A "RESSURREIÇÃO" DA FÊNIX...

E a Fênix/Lúcifer apareceu...
No final dos jogos, quando perto do seu momento mais importante, lá estava ela.
Travestida de águia, o que confunde a muitos, tendo em vista, principalmente, o cenário norte americano...
Mas também, como objetivo maior dos ocultistas ao redor do mundo.
Confundir a maioria... a plena luz do dia.
Já não há uma Águia presente, em muitos momentos, quando símbolos importantes dos EUA aparecem, mas, sim, a Fênix.
E nos Jogos Olímpicos, também, ela se fez presente.
Você viu a imagem?

Recebi esta manhã um arquivo com esta montagem de um amigo meu:

Como você pode ver, já temos aqui toda a combinação das imagens, misturando a aparição da Fênix com os demais símbolos e associações ocultistas.
Claramente auto-explicativa.
Veja ainda que esta associação aos Jogos vem desde as Olimpíadas de Berlim, que foi, claro, a de número 11:


Isso eu vi no post do excelente BLOG Open Scroll, que é um dos meus favoritos aqui do lado, e é incrível que enquanto eu estava escrevendo e…

PASTORES QUE AMALDIÇOAM MEMBROS QUE SAEM DA IGREJA? ESSA NÃO...

Tenho lido e ouvido falar muita coisa sobre pastores que “amaldiçoam” ovelhas quando estas decidem sair do ministério, e/ou mudar da igreja local que frequentam.
Alguns dizem literalmente que “amaldiçoam”, enquanto outros dizem apenas “não abençoo”!
O que pelo menos soa melhor...
Mas sim, alguns ou muitos, cometem o absurdo ato de literalmente amaldiçoar pessoas que apenas dizem que querem sair de sua igreja, para ir congregar em outra igreja local...
Não, não estão em pecado, não, não apostataram da fé, não, não renegaram Jesus, O Cristo.
Apenas querem mudar de igreja local!
Este tema de hoje trata de uma situação que é muito estranha para fazer parte do que pensamos ser a Igreja de Jesus, O Cristo, mas acontece em nossos dias.
Tenho sido procurado e consultado por pessoas com dúvidas a respeito, acompanho as notícias do “mundo gospel”, e sei que algumas das assim chamadas “igrejas midiáticas” têm este tipo de prática.
Com tantas situações assim acontecendo em nossos dias, e por achar isso …