Pular para o conteúdo principal

O CORONAVÍRUS E A AGENDA DOS ÚLTIMOS DIAS




Bem amigos aqui do Blog...
Não se fala em outra coisa em todas as esferas da vida diária que não seja o Coronavírus.
A maioria tem uma “opinião formada”.
Acham que é falso, que é verdadeiro, que há manipulação. Que não é tão letal assim, que é mais letal do que pensamos, que é letal “apenas” para os idosos.
Que é destruidor “apenas” para a economia, que haverá desemprego, falências, que afetará  vidas por muitos anos, e por aí vai.
Não sou especialista no tema, e já estou lutando o suficiente “apenas” para me aconselhar e ter bom senso para tomar decisões que afetam “apenas” o que envolve a igreja que pastoreio.
Sim... estou usando “apenas” sempre em tom de ironia... espero não ser mal compreendido.
Sendo assim, optei por falar sobre o tema pela perspectiva que, creio, posso contribuir um pouco para o debate. A perspectiva do texto bíblico.
Para começar, o que é claro para mim, é que essa “pandemia” já faz parte da agenda dos últimos dias. Está associada ao que Jesus chama de “princípio das dores”.
Veja a narrativa de Mateus sobre o princípio das dores:

Mateus 24:7
Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores.

Compare com a narrativa de Marcos:

Marcos 13:8
Porque se levantará nação contra nação, e reino, contra reino. Haverá terremotos em vários lugares e também fomes. Estas coisas são o princípio das dores.

E veja agora o relato do mesmo contexto, que contém até mesmo um “diagnóstico”, usando a palavra traduzida para epidemias! É justamente Lucas, o médico!

Lucas 21:11 (Almeida Revista e Atualizada)
“... haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu.”

Compare com essas outras versões, inclusive em outros idiomas:

Lucas 21:22 (NVI)
Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.

Luke 21:11 (Amplified Bible)
There will be mighty and violent earthquakes, and in various places famines and pestilences (plagues: malignant and contagious or infectious epidemic diseases which are deadly and devastating); and there will be sights of terror and great signs from heaven.
Tradução: “pragas: doenças epidêmicas, malignas e contagiosas ou infecciosas, que são mortais e devastadoras”

Luke 21:11 (King James Version)
And great earthquakes shall be in divers places, and famines, and pestilences; and fearful sights and great signs shall there be from heaven.
Tradução: “pestes ou pestilências”

Lucas 21:11 (Reina Valera)
Y habrá grandes terremotos, y en varios lugares hambres y pestilencias: y habrá espantos y grandes señales del cielo.

Muitos analistas concordam que esta é a primeira situação em que vivemos algo semelhante ao que já vivemos antes, mas agora amplificado em sua informação pelo fenômeno das redes sociais.
O fato é que em nossos dias, todos sabem muito mais sobre a situação, do que em outras anteriores. Claro que isso vai depender do interesse de cada um em aprofundar seu saber, mas, com certeza, a maioria reconhece que há uma epidemia pandêmica assolando os habitantes do planeta.
Que saiu dos fundões da China, de onde temos poucas informações confiáveis, e se alastrou pelo planeta, de onde temos muitas informações, embora algumas pouco confiáveis.
Mas o fato é que hoje há uma peste, ou uma epidemia em curso sobre a qual o mundo sabe mais, simultaneamente, do que qualquer outra anteriormente.
E esse é o sinal mais importante para mim, em relação à fala de Jesus. 
Não adiantaria haver uma epidemia que poucos soubessem, ou com efeito apenas local. Para haver um cumprimento da Sua fala, era necessário que tivesse escala global, e todos pudessem saber!
Sim, ainda não é o fim, como o próprio Senhor declarou no mesmo discurso. Mas o que quero dizer é que eu creio, diante do texto bíblico, que o que estamos vendo pode ser caracterizado SIM, como parte desse "princípio das dores!"
E além disso, há outros ingredientes que emergem como “efeito colateral” dessa epidemia, que podem vir a cumprir outros textos proféticos, que voltarei para comentar oportunamente:

1. A desarticulação das igrejas pela grande dificuldade de manterem suas reuniões regulares. Seja pelo medo, seja pelas medidas tomadas pelos governantes, nossos cultos e reuniões estão “impedidos” de serem realizados! Que coisa maligna, não acha? Não, não estou culpando os governantes, e ainda não é perseguição ao evangelho (perseguição que virá...), mas é uma medida necessária para preservar a saúde pública, e está associada a outras medidas semelhantes. Não é específica a nós. Mas nos afeta diretamente.

2. O isolamento das pessoas, pela adoção em larga escala no mercado de trabalho possível, do “home office”. Sim, pelo mundo passamos a ter ainda mais profissionais trabalhando isolados fisicamente, mas integrados virtualmente. E “o amor esfria”. 

3. O isolamento das pessoas pelo medo. As mídias sociais vão afetar ainda mais a relação interpessoal, afastando as pessoas umas das outras. Fica mais seguro falar através do celular ou computador. E assim, entre outras coisas, “o amor esfria”... 

4. A luta para se obter informação segura passa a ser cada vez mais necessária a todos. O descrédito das mídias tradicionais por seus erros em abraçar um viés ideológico de comunicação, gera insegurança. O descrédito das mídias sociais, por seus erros em abraçar um viés de comunicação ideológico, também gera insegurança. Em quem confiar? 

5. Acabo de saber através de uma amiga advogada, enquanto escrevo esse post, que o governo do Brasil editou uma portaria que estabelece medidas coercitivas, e até de prisão, para pessoas infectadas e diagnosticadas com Coronavírus, que descumprirem a quarentena! Nesse momento em que escrevo o texto, isso já está valendo! Esse é quase um "furo" aqui do Blog:
Leia no Conjur, clicando aqui. Na Band/UOL, clicando aqui ou aqui, direto no site do governo. 

Bem amigos aqui do Blog. Estamos vendo tempos muito tensos, e se formos depender de informações dos governantes, dos jornalistas, dos especialistas, ou dos cientistas, podemos ter certeza de que eles não tem todas as informações que precisamos... tudo é muito novo.
Mas também podemos saber que mesmo que eles tenham todas as informações  disponíveis,  não vão nos dar acesso a elas, porque sempre há estratégias de governo que não podem se tornar públicas. Isso acontece em todas ideologias e governantes.
Apenas com a nossa Bíblia nas mãos podemos avaliar o que está acontecendo ao redor com segurança, pois foi exatamente por isso que O Espírito Santo inspirou homens e mulheres a escrever os textos que podemos ter em nossas mãos... O Senhor não vai nos deixar sós.
Tudo muda rapidamente ao redor, dia a dia. Você não consegue ver?
Veja os sinais... mas sem pânico. O Senhor reina! Para sempre!

Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O AMOR DE MUITOS ESFRIARÁ...

Uma das marcas mais tristes que podemos identificar nos últimos dias, está contida nas palavras de Jesus em Mateus 24, quando Ele declara expressamente:

12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. 13 Aquele, porém que perseverar até o fim, esse será salvo. 14 E será pregado este Evangelho do Reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim.

Veja pelo contexto que Sua declaração acerca do amor esfriar fala especificamente aos que creem. Não podemos esfriar se não estivemos quentes antes.
É óbvio que podemos ver o amor esfriando no mundo ao nosso redor também, mas, como Ele estava falando com discípulos, e, Ele fala claramente sobre a perseverança para salvação, fica claro que Ele esta falando sobre os que creem, ou seja, nós!
E como cumprimento de Suas palavras, cada vez mais, ao longo dos nossos dias, percebemos cristãos fraquejando em seus posicionamentos de fé.
Em primeiro lugar por que, para muitos, a mensagem da salvação pe…

A "RESSURREIÇÃO" DA FÊNIX...

E a Fênix/Lúcifer apareceu...
No final dos jogos, quando perto do seu momento mais importante, lá estava ela.
Travestida de águia, o que confunde a muitos, tendo em vista, principalmente, o cenário norte americano...
Mas também, como objetivo maior dos ocultistas ao redor do mundo.
Confundir a maioria... a plena luz do dia.
Já não há uma Águia presente, em muitos momentos, quando símbolos importantes dos EUA aparecem, mas, sim, a Fênix.
E nos Jogos Olímpicos, também, ela se fez presente.
Você viu a imagem?

Recebi esta manhã um arquivo com esta montagem de um amigo meu:

Como você pode ver, já temos aqui toda a combinação das imagens, misturando a aparição da Fênix com os demais símbolos e associações ocultistas.
Claramente auto-explicativa.
Veja ainda que esta associação aos Jogos vem desde as Olimpíadas de Berlim, que foi, claro, a de número 11:


Isso eu vi no post do excelente BLOG Open Scroll, que é um dos meus favoritos aqui do lado, e é incrível que enquanto eu estava escrevendo e…

OS PODERES DOS CÉUS SERÃO ABALADOS!

A denominada "interpretação alegórica" usada para entender o livro do Apocalipse, teve sua origem muitos anos atrás, quando, porque ainda não era tempo, poucas coisas aconteciam na vida diária que expressassem algum cumprimento do cenário profético. Israel nem mesmo havia voltado a existir enquanto nação, e então o cenário dos últimos dias não estava pronto. Seus protagonistas não podiam ainda aparecer em cena. Além disso, porque algumas das coisas escritas no livro eram incompreensíveis e até mesmo impossíveis aos olhos das pessoas que viveram dezenas ou centenas de anos atrás, é compreensível a origem e desenvolvimento desta "escola alegórica" de estudo profético. Falar naqueles dias, por exemplo, de um terremoto que muda ilhas e montes de lugar, parecia algo além da compreensão daqueles irmãos que estudavam nos tempos antigos. Se alegórico, é viável... Entretanto, para nós que hoje sabemos pela tecnologia de GPS que sim, isso é possível porque já aconteceu, est…