Pular para o conteúdo principal

O FIM DO DINHEIRO...


Percebeu o quanto sua relação com o dinheiro mudou nos últimos anos?
Olhe para sua carteira e veja quanto de dinheiro “vivo” você carrega normalmente...
Campanhas de marketing muito bem produzidas ridicularizando troco em moedas, balinhas, e contrapondo com a sofisticação de pagamentos por meio eletrônico tem mudado os hábitos das pessoas no Brasil nos últimos anos.
Uma propaganda hoje na TV recomenda até mesmo pagar o cafezinho com cartão de crédito.

"Porque não eu?"

Isso porque ainda estamos apenas começando a saber que em breve, até mesmo o plástico terá seu fim, e teremos transações via celular, o que será uma nova revolução...
A Samsung já se acertou aqui no Brasil... Tudo já está aprovado pela FEBRABAN!
A solução da Apple ainda não está liberada para operar aqui no Brasil, mas já tem seus aplicativos ao redor do mundo... Veja (apenas em inglês) aqui, e aqui, que eles já foram além, e oferecem soluções via iPhone, iPad, Apple Watch ou Macbooks, através do sistema chamado "Apple Pay".
Esse assunto do fim do dinheiro foi, inclusive, matéria que assisti recentemente no ótimo programa "Mundo S.A." da GloboNews. Muitos dados, informações, e alternativas tecnológicas prontinhas para substituir o papel moeda ao longo do tempo futuro... O fim do dinheiro...


Sim, creio, em breve, este novo meio de pagamento vai entrar nas vidas das pessoas, para, talvez, fazer uma breve transição, até virem a ser, definitivamente, substituídas por transações via chip ou algo semelhante na palma da mão ou na testa...
Porque posso ser tão afirmativo?
Porque praticamente todas as máquinas de auto atendimento dos bancos já estão preparadas para este tipo de transação. Não percebeu?
Já existe um local exato para você para apresentar sua mão direita, além do identificador de sua digital do indicador.... E uma câmera bem na altura da sua testa...
Sim, as mudanças já estão em curso...
Não apenas no Brasil mas em muitos países. Diria, a maioria.
Como será a mudança final, ainda não sei... posso ter minhas idéias e especulações, que são tão boas quanto as suas... Mas, inegável, estão em curso... e em alta velocidade!
Em um primeiro momento, caminhando fortemente para diminuir ou retirar ao papel moeda de circulação. Seja por facilidade, seja por obrigatoriedade, seja para acabar com a corrupção, seja por qualquer outra explicação apoiada em uma questão local de cada nação, absolutamente "justa e racional". E sempre apoiada por especialistas e pela mídia local, mesmo que apresentando "democraticamente" algumas vozes contrárias para dar credibilidade à discussão.
Por favor... preste mais atenção nas notícias sobre o tema diariamente!
As empresas interessadas nisso como negócio, tem até mesmo monitorado esta evolução.
Veja aqui, embora apenas em inglês.
Apenas em inglês, veja também a matéria na "Business Today" com o ranking (!!) com as nações com menor uso de papel moeda!
Veja também, por exemplo, que um país da dimensão da Índia, com sua característica peculiar de divisão em castas, recentemente fez um movimento de retirar as notas maiores, de 500 rúpias para acabar com a corrupção... Não é uma ideia nobre?

Outro exemplo, é a tragédia financeira da Venezuela, com seu presidente tentando retirar papel moeda, por "excesso de papel moeda', voltando atrás, e depois tentando novamente...
Claro que é uma situação compreensível... Afinal, o que fazer, quando o papel moeda perde tanto valor que é preferível ser medido a quilo? Mas perceba que por motivos diferentes, justos e lógicos, também estão retirando o papel moeda de circulação...
Da mesma maneira, o fenômeno está acontecendo aqui no Brasil, mas muito bem apoiado por ações de mídia, e com ênfase em comportamento... muito sutil!
Se você fizer uma pesquisa com calma, verá que muitos países estão caminhando na mesma direção...
Mas o que achei também interessante há algum tempo, foi observar a Capa da revista The Economist que, como muitos já perceberam, tem trazido previsões “apocalípticas” em suas capas, ano após ano.
Se você está atento a este tipo de coisa, sabe que nos últimos anos, surgiram até mesmo "especialistas em interpretar a nova capa da The Economist"! Eles postam vídeos no YouTube explicando os significados das capas, e tem milhares de visualizações!
Mas para mim, o que mais interessou nesta pesquisa, até porque a interpretação é tão simples que eu mesmo consigo entender, é que em sua edição de 1998, a revista trouxe esta capa:


Veja na moeda no peito da ave que o ano em que ela entra em vigor é 2018! Aparentemente, como uma moeda única global ("get ready for a world currency" - "prepare-se para uma moeda global"), que é, curiosamente, batizada de Fênix!
Pensando que a Fênix mitológica ressurge das cinzas, e que a Nova Ordem Mundial tem como estratégia de implantação, emergir do caos - "Ordo Ab Chao",conforme eles mesmo registram e publicam, claramente, em seus planos, podemos parar para pensar um pouco mais, não?
Será que eles estão falando que tudo mudará no biênio 2017/2018?
Será que teremos uma moeda única virtual e global, eletrônica, digital. emergindo do caos? A Fênix?
Bem, eles podem ter seus planos estabelecidos, mas o relógio profético é do Senhor.
Afinal, se você é alguém que presta atenção, desde 2015 vemos "profetas e mais profetas econômicos apocalípticos" apontando para um "crash" financeiro global, para uma crise econômica global sem precedentes, para graves problemas no radar...para um grave problema global de proporções apocalípticas... apesar disso, nada aconteceu... ainda.
Mas entenda, vai acontecer! Em algum momento adiante de nós. Porque a Bíblia diz!
Em Apocalipse 6:5-6 lemos acerca de uma grave crise econômica mundial:

"Quando abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente dizendo: Vem! Então, vi, e eis um cavalo preto e o seu cavaleiro com uma balança na mão. E ouvi uma como que voz no meio dos quatro seres viventes dizendo: Uma medida de trigo por um denário; três medidas de cevada por um denário; e não danifiques o azeite e o vinho".

Que provavelmente, desembocará em uma solução mundial de uma moeda única, associada à adoração ao anticristo, em Apocalipse 13:16-18...

"A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis".

(Entendeu agora, pelo texto bíblico, o que disse no post lá mais no início, acerca dos bancos?
"Já existe um local exato para você para apresentar sua mão direita, além do identificador de sua digital do indicador.... E uma câmera bem na altura da sua testa...")
Não... não estou dizendo que isso vai acontecer em 2018...
O que quero que você perceba é o quanto de tecnologia, problemas nacionais, interesses culturais e ideológicos, econômicos e políticos, além de tantos outros, convergem para levar o mundo exatamente para o lugar que O Senhor Deus, em Sua Sabedoria eterna, e por que reina, a mandar seus servos, os profetas, registrar o que virá!
Estão investindo em tecnologias das mais variadas formas, para dar suporte a um sistema monetário único e eletrônico... Tudo isso porque sim,! O Senhor reina!
Mas, claro, os "atores das trevas" precisam estar prontos para assumir seus postos...
E assim, eles sempre tentam saber se "já chegou a sua hora", mas, se percebem que Deus ainda não Se moveu, voltam com seus planos para as suas escrivaninhas e esperam a próxima janela de oportunidade... Porque eles não podem fazer nada sem que O Senhor faça os Seus movimentos!
Porque Ele reina, e governa o tempo!
Mas, claro, como sempre escrevo aqui, também considero importante aos que observam, acompanhar esta evolução da discussão sobre o fim do dinheiro, de uma moeda única e da possibilidade de transformações econômicas drásticas no horizonte.
E do uso do celular, relógios, pulseiras, e do uso de um chip ou algo parecido...
Afinal, tudo vai mudando dia a dia em todas as áreas que influenciam a nossa vida na terra, e todas elas combinam com o que a Bíblia diz...
Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe!

Haroldo Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O AMOR DE MUITOS ESFRIARÁ...

Uma das marcas mais tristes que podemos identificar nos últimos dias, está contida nas palavras de Jesus em Mateus 24, quando Ele declara expressamente:

12 E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. 13 Aquele, porém que perseverar até o fim, esse será salvo. 14 E será pregado este Evangelho do Reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim.

Veja pelo contexto que Sua declaração acerca do amor esfriar fala especificamente aos que creem. Não podemos esfriar se não estivemos quentes antes.
É óbvio que podemos ver o amor esfriando no mundo ao nosso redor também, mas, como Ele estava falando com discípulos, e, Ele fala claramente sobre a perseverança para salvação, fica claro que Ele esta falando sobre os que creem, ou seja, nós!
E como cumprimento de Suas palavras, cada vez mais, ao longo dos nossos dias, percebemos cristãos fraquejando em seus posicionamentos de fé.
Em primeiro lugar por que, para muitos, a mensagem da salvação pe…

A "RESSURREIÇÃO" DA FÊNIX...

E a Fênix/Lúcifer apareceu...
No final dos jogos, quando perto do seu momento mais importante, lá estava ela.
Travestida de águia, o que confunde a muitos, tendo em vista, principalmente, o cenário norte americano...
Mas também, como objetivo maior dos ocultistas ao redor do mundo.
Confundir a maioria... a plena luz do dia.
Já não há uma Águia presente, em muitos momentos, quando símbolos importantes dos EUA aparecem, mas, sim, a Fênix.
E nos Jogos Olímpicos, também, ela se fez presente.
Você viu a imagem?

Recebi esta manhã um arquivo com esta montagem de um amigo meu:

Como você pode ver, já temos aqui toda a combinação das imagens, misturando a aparição da Fênix com os demais símbolos e associações ocultistas.
Claramente auto-explicativa.
Veja ainda que esta associação aos Jogos vem desde as Olimpíadas de Berlim, que foi, claro, a de número 11:


Isso eu vi no post do excelente BLOG Open Scroll, que é um dos meus favoritos aqui do lado, e é incrível que enquanto eu estava escrevendo e…

OS PODERES DOS CÉUS SERÃO ABALADOS!

A denominada "interpretação alegórica" usada para entender o livro do Apocalipse, teve sua origem muitos anos atrás, quando, porque ainda não era tempo, poucas coisas aconteciam na vida diária que expressassem algum cumprimento do cenário profético. Israel nem mesmo havia voltado a existir enquanto nação, e então o cenário dos últimos dias não estava pronto. Seus protagonistas não podiam ainda aparecer em cena. Além disso, porque algumas das coisas escritas no livro eram incompreensíveis e até mesmo impossíveis aos olhos das pessoas que viveram dezenas ou centenas de anos atrás, é compreensível a origem e desenvolvimento desta "escola alegórica" de estudo profético. Falar naqueles dias, por exemplo, de um terremoto que muda ilhas e montes de lugar, parecia algo além da compreensão daqueles irmãos que estudavam nos tempos antigos. Se alegórico, é viável... Entretanto, para nós que hoje sabemos pela tecnologia de GPS que sim, isso é possível porque já aconteceu, est…